Pós Jogo: Cleveland Cavaliers (14-7) 108 x 97 (10-10) Miami Heat

love-in-the-air

E a nona vitória consecutiva veio! Na noite dessa terça-feira o Cleveland venceu o Miami Heat na Q-Loans Arena e ampliou sua série de invencibilidade, a maior da liga. Mesmo em back-to-back  e jogando contra uma equipe que vinha de 3-0 na última semana, o Cleveland teve um primeiro tempo de intensidade de playoffs e contou com Kevin Love absurdo, para abrir vantagem de 26 pontos ao fim do primeiro tempo (75×49). No segundo tempo a equipe caiu de produção e apenas administrou o resultado. LeBron foi ejetado da partida no fim do terceiro quarto, pela primeira vez na carreira, ao reclamar de uma falta não marcada. D-Wade liderou o Cavs no último quarto, contribuindo muito bem vindo do banco novamente,  assegurando a vitória.

Nota: o juiz que ejetou LeBron da partida ao dar duas técnicas foi Kane Fitzgerald. Ganhou atenção do jogo e um espaço aqui no site.

DESTAQUES DA PARTIDA:

LeBron James: 21 pontos, 12 rebotes, 6 assistências.
Kevin Love: 38 pontos, 9 rebotes, 2 assistências.
Dwyane Wade: 17 pontos, 5 rebotes, 4 assistências.

STATS DA EQUIPE (CLE vs MIA):
Pontos: 108 vs 97
FG%: 49% vs 44%
3P%: 34% vs 32%
FT%: 73% vs 65%
Assistências: 21 vs 24
Rebotes: 45 vs 42
Turnovers: 13 vs 15

1Q: Cavs 35 vs 24 Heat
2Q: Cavs 40 vs 25 Heat
3Q: Cavs 18 vs 25 Heat
4Q: Cavs 15 vs 23 Heat

FOTOS DA PARTIDA

PRÓXIMO JOGO:
Será contra o Atlanta Hawks, em Atlanta. (30/11 às 22h30min)

Pré-Jogo: Cleveland Cavaliers vs Miami Heat

fl-sp-miami-heat-dwyane-wade-s20171128

LOCAL: Quicken Loans Arena, Cleveland (Ohio)

HORÁRIO: 22h(Brasília)

TRANSMISSÃO: NBA League Pass

O Cleveland vai em busca da nona vitória seguida nessa noite diante do Miami Heat. Será um jogo difícil, back-to-back, contra uma equipe descansada e que vem de 3 vitórias consecutivas.

CLEVELAND CAVALIERS:

81. José Calderon

05. JR Smith

23. LeBron James

99. Jae Crowder

00. Kevin Love

Ausentes: Isaiah Thomas (quadril), Tristan Thompson (panturrilha), Derrick Rose (afastado),  Iman Shumpert* (joelho esquerdo: questionável para o jogo)

MIAMI HEAT: 

7. Goran Dragic

11. Dion Waiters

0. Josh Richardson

20. Justise Winslow

21. Hassan Whiteside

Ausentes: Okaro White (fora), Rodney McGruder (fora).

 

PÓS JOGO: CLEVELAND CAVALIERS (10-7) 116 vs 88 (11-6) DETROIT PISTONS

O Cleveland Cavaliers finalmente venceu e convenceu, com autoridade. Na noite do dia 20, a equipe visitou o Detroit Pistons, a segunda melhor campanha do Leste, e não tomou conhecimento do adversário. Superior em toda partida, com a defesa funcionando coletivamente e o ataque com variação de jogo e troca de passes, o Cavs abriu vantagem rápido e colocou a turma do terrão ainda no final do terceiro quarto.

Agora o Cleveland já tem cinco vitórias consecutivas, a segunda maior série da liga.

DESTAQUES DA PARTIDA:

LeBron James: 18 pontos, 2 rebotes, 8 assistências.
Jae Crowder: 18 pontos, 5 rebotes.
Kevin Love: 19 pontos, 11 rebotes, 4 assistências.
Jose Calderon: 14 pontos, 4 rebotes, 2 assistências.
Jeff Green: 11 pontos, 3 rebotes.
Channing Frye: 10 pontos, 2 rebotes, 2 assistências.

STATS DA EQUIPE (CLE vs DET):
Pontos: 116 vs 88
FG%: 52% vs 44%
3P%: 48% vs 43%
FT%: 94% vs 53%
Assistências: 28 vs 23
Rebotes: 42 vs 34
Faltas: 14 vs 19

1Q: Cavs 36 vs 23 Pistons
2Q: Cavs 37 vs 23 Pistons
3Q: Cavs 28 vs 16 Pistons
4Q: Cavs 15 vs 26 Pistons

FOTOS DA PARTIDA

PRÓXIMO JOGO:
Será contra o Brooklyn Nets, em Cleveland. (22/11 às 22h)

PRÉ-JOGO: CLEVELAND CAVALIERS vs DETROIT PISTONS

pistons_01

LOCAL: Little Caesars Arena, Detroit (Michigan)
HORÁRIO: 22h (Brasília)
TRANSMISSÃO: NBA League Pass – Links

O Cavs (9-7) enfrenta o surpreendente Pistons (11-5), em Detroit, logo mais. A equipe de Ohio tentará ampliar sua série de vitórias para 5 jogos, enfrentando o Pistons que vem em back-to-back depois de vencer o Timberwolves na noite passada.

CLEVELAND CAVALIERS:

81. Jose Calderon
05. JR. Smith
23. LeBron James
99. Jae Crowder
00. Kevin Love.

Ausentes: Isaiah Thomas (quadril), Tristan Thompson (panturrilha), Derrick Rose (tornozelo), Iman Shumpert (joelho esquerdo).

DETROIT PISTONS:

22. Avery Bradley
1. Reggie Jackson
7. Stanley Johnson
34. Tobias Harris
0. Andre Drummond

Ausentes: Nada a reportar.

LeBron está interessado em tornar-se dono do Cleveland Cavaliers

lebron-james-gilbert-getty-ftrjpg_1q4zfind49qf01d61v4zuoswec

O futuro do melhor jogador do planeta, assim como as escolhas que ele deve fazer nos próximos anos, tanto como agente livre como quando se aposentar, sempre foram o centro das atenções de jornalistas, torcedores e fãs da NBA que gastam muito tempo especulando sobre os próximos passos de King James. Em entrevista recente concedida para Jason Lloyd do The Athletic, LeBron elucidou um pouco dessas perguntas, confessando o desejo de ser dono de uma franquia da NBA: o Cleveland Cavaliers!

“Ser proprietário de qualquer equipe seria irado! Se a oportunidade aparecer e eu estiver em posição financeira favorável, e tiver a equipe certa em minha direção, obviamente. Mas quem disse que Dan irá vender? Eu tenho mantido uma relação jogador/dono com ele. Acho que, uma vez que a conversa for necessária, eu terei. Mas ainda não estou lá.”

Seria fascinante ver como os Cavs pareceria tendo LeBron como seu dono. A relação entre o jogador e a franquia já está marcada e é profunda e poder ver essa relação perdurar por um longo futuro seria muito interessante. Sem dúvidas os rumores e notícias continuariam a perseguir LeBron James em todo verão, embora dessa vez eles fossem relacionados em se ele deixaria a equipe diferente a cada offseason, ou se ele seria bastante intrometido dentro dos vestiários dado suas inclinações quando jogador, por exemplo.

Como LeBron fez questão de apontar, não está claro se Dan Gilbert teria ou não algum interesse em vender os Cavaliers, pelo menos não dentro de um período de tempo que faria a venda ser viável para LeBron. O que se sabe, com total certeza, é que é muito difícil imaginar um proprietário que traria tantos benefícios para a franquia, tanto em base de fãs quanto em elevar a marca Cleveland Cavaliers, quanto o maior jogador da história do time e maior ídolo de todo torcedor.

Notícia via Justin Rowan @Cavsanada

Pós Jogo: Cleveland Cavaliers 95 x 114 New York Knicks

94562a84a200f8d4

O Cleveland Cavaliers chegou à terceira derrota seguida, em menos de uma semana, com todos os deméritos possíveis. A equipe não liderou em momento algum a partida contra o New York Knicks, não apresentando nada de bom que mereça ser mencionado. Na verdade, é até difícil aceitar que o time jogou de verdade. O que se viu realmente hoje foi uma equipe que parece já estar classificada, ou eliminada, apenas cumprindo tabela. Não se tem nem necessidade de análises táticas para descrever o jogo de hoje, pois para tal faz-se necessário que o time tenha jogado algo, mas a apatia e postura do Cleveland não abre margens para se falar de problemas em rotação e plano de jogo.

O Cavs iniciou o jogo com D-Rose, que era dúvida, no lugar do provável Iman Shumpert, que acabou não jogando por ter sentido dores no joelho. O início da partida foi um dos poucos momentos do jogo em que o Cleveland pareceu estar acordado do sono profundo que a equipe tem estado nesse começo de temporada, atacando com vontade, ainda que a defesa seguisse fraca. Infelizmente essa vontade não durou nem até a metade do quarto. A defesa nos primeiros 12 minutos foi tão frágil que o Knicks nem chegou a ir para linha de FT. No segundo quarto, com um esforço mínimo, Cleveland chegou a empatar a partida, mas a defesa pífia do perímetro segue sendo um calvário para o time. Jogar contra o Cavs tem se mostrado um ótimo treino de arremesso de três pontos para as demais equipes. A vantagem do Knicks que era de 10 pontos ao fim do primeiro quarto foi para o intervalo em 8 pontos: 54×62. O terceiro quarto trouxeram os talvez 12 minutos mais patéticos da história recente do Cleveland. Um time apático, preguiçoso, displicente e até mesmo pouco profissional. A equipe se comportou de forma vergonhosa em quadra deixando o Knicks beirar os 20 pontos de vantagem. A vantagem conquistada teve que apenas ser administrada no último quarto para confirmar a segunda vitória da franquia de New York. Placar final: 95×114

A derrota de hoje é inaceitável. E isso nem é por ser contra o Knicks em plena Quicken Loans Arena, mas sim por se tratar de uma derrota que não foi imposta ao Cleveland, foi abraçada e aceita pelo time todo, ninguém estava querendo vencer, ninguém queria nem tentar. Ver o Cleveland jogar hoje foi uma briga contra o sono inicialmente, e algo irritante e embaraçoso no final.  Torcer para um time limitado tecnicamente pode se provar frustrante. Entretanto, torcer para um time com grande potencial e capacidade de vencer jogos, mas que joga burocraticamente, preguiçosamente, para cumprir tabela é além de frustrante, decepcionante, com contornos de desilusão.

Após derrota contra o Pelicans, quando perguntado sobre a série de derrotas LeBron disse que ele e o time estavam tranquilos. Talvez seja a hora de não estar mais tranquilo e acomodado com o basquete, ou a ausência dele, que a equipe vem apresentando. Não importa se estamos apenas no início de temporada, os torcedores que escrevem nesse espaço querem discutir e criticar opções técnicas, entrosamento do time, escolhas de rotações e não falar sobre vontade de jogar, profissionalismo e apatia. O Cleveland hoje foi embaraçoso, para não falar coisa pior.

Destaques da partida:

CLE

LeBron: 16 pontos, 7 Assistências, 10 Rebotes

Love: 22 pontos, 12 Rebotes

NEW

T. Hardaway Jr. : 34 pontos, 8 Assistências, 4 Rebotes

Kristaps Porzingis: 32 pontos, 12 rebotes.

PRÉ JOGO: CLEVELAND CAVALIERS (2-0) X (1-1) ORLANDO MAGIC

whatsapp-image-2017-10-20-at-12-42-08

Local: Quicken Loans Arena, Cleveland
Horário: 22h
Transmissão:  NBA League Pass

CLE

Jose Calderon
Dwyane Wade
LeBron James
Jae Crowder
Kevin Love

Desfalques: Isaiah Thomas (fora) e Derrick Rose (dúvida).

ORL

Shelvin Mack
Terrence Ross
Nikola Vucevic
Aaron Gordon
Evan Fournier

Desfalques: Adreian Payne (fora) e Elfrid Payton (dúvida).

PÓS JOGO: CLEVELAND CAVALIERS 116 X 97 MILWAUKEE BUCKS

2017-10-21t002516z_765939072_nocid_rtrmadp_3_nba-cleveland-cavaliers-at-milwaukee-bucks_ixoofkh

Foi apenas a segunda partida da temporada, mas suficiente para empolgar o torcedor. O Cleveland venceu a entrosada equipe da casa mostrando uma defesa agressiva e um segundo tempo de grande qualidade.

O primeiro tempo do jogo foi marcado pelo equilíbrio do placar e forte marcação nos principais jogadores das equipes. A força e eficiência no perímetro, um dos problemas previstos antes da temporada pela nova formação dos Cavs, comprovou-se com o time ficando 0-5 na linha de três pontos no primeiro quarto. Um ótimo início de partida de Kevin Love aliado à uma defesa forte e boa contribuição do banco, principalmente de Jeff Green, deu a vantagem ao Cleveland antes do intervalo.

No terceiro quarto, com Green seguindo bem nos dois lados da quadra, Korver entrando bem e trazendo alívio para a linha de 3 pontos do time, e LeBron aparecendo mais na partida, Cleveland abriu a maior vantagem no jogo até então: 13 pontos ao final do quarto. No último quarto a defesa seguiu forte e LeBron liderou o Cavs para manter a vantagem conquistada e assegurar a segunda vitória da temporada.

Cleveland começa mostrar as novas qualidades do time. A defesa está segura e funcionando bem, limitando o adversário a menos de cem pontos, assim como foi contra Boston. O banco, ao contrário da temporada passada, está contribuindo muito e sendo bastante eficiente, chegando a manter e aumentar vantagens no placar, mesmo com LeBron descansando. Essa nova realidade traz ótimas perspectivas para ver esse time jogando com mais entrosamento e ritmo de jogo.

Nota: D-Rose torceu o pé no 4Q e não deve jogar contra o Orlando Magic. Não deve ser nada sério e sim uma medida preventiva já que o jogo é back-to-back.

Destaques da partida:

CLE

LeBron: 24 pontos, 8 Assistências, 5 Rebotes

Love: 17 pontos, 6 Assistências, 12 Rebotes

Korver, Rose, Green e Crowder com dígitos duplos na pontuação

MIL

Giannis: 34 pontos, 8 Assistências, 8 Rebotes