Pós jogo: Cleveland Cavaliers 116 vs Memphis Grizzlies 111

ATLANTA, GA - NOVEMBER 30:  on November 30, 2017 at Philips Arena in Atlanta, Georgia.  NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and/or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2017 NBAE (Photo by Scott Cunningham/NBAE via Getty Images)

Em confronto equilibrado, o Cleveland Cavaliers aumentou sua sequência de vitórias, assumiu a vice liderança do Leste e afundou o time de Memphis.

Depois de um primeiro quarto dominado por Marc Gasol e cia., a segunda unidade da equipe de Ohio entrou em ação: Dywane Wade, Jeff Green e Kyle Korver repetiram o nível de atuação, colocando os Cavs na liderança no final do primeiro tempo.

Tal vantagem só foi contestada no final do quarto período: depois de um terceiro quarto estagnado, os visitantes emplacaram uma sequência de 10 pontos e empataram o jogo. Nestes momentos, os Cavaliers costumam contar com o brilhantismo de LeBron James, e desta vez não foi diferente. Com outra atuação sólida e decisiva no final, James deu números finais ao jogo.

DESTAQUES DA PARTIDA

LeBron James: 34 pontos e 12 assistências
Kevin Love: 20 pontos e 11 rebotes
J.R. Smith: 17 pontos, 5 rebotes
Dwyane Wade: 16 pontos e 4 assistências

Tyreke Evans: 31 pontos, 7 rebotes e 12 assistências
Marc Gasol: 27 pontos, 6 rebotes
JaMychal Green: 16 pontos e 7 rebotes

Stats das Equipes

 Pontos: 116 vs 121
FG%: 56% vs 51%
Assistências: 24 vs 31
Rebotes: 31 vs 36

Fotos da partida

Próximo Jogo 

Será contra o Chigaco Bulls, em Chigaco.(Segunda, 23h)

Pré jogo : Cleveland Cavaliers (15-7) vs Memphis Grizzlies(7-14)

23927

Local: Quicken Loans Arena 

Horário: 22h30(Brasília)

Transmissão: ESPN, League Pass

O Cleveland Cavaliers receberá a visita do Memphis Grizzliers para um jogo que terá o encontro de duas sequências contrastantes: Enquanto a equipe de Ohio têm encaixado o time, elevado seu nível e vêm de 10 vitórias seguidas, os Grizzlies passam por uma turbulência que rendeu a demissão do técnico Fizdale, especulações da saída de estrelas como Marc Gasol e 10 derrotas seguidas.

CLEVELAND CAVALIERS:

81. Jose Calderon
05. JR. Smith
23. LeBron James
99. Jae Crowder
00. Kevin Love.

Ausentes: Isaiah Thomas (quadril), Tristan Thompson (panturrilha), Derrick Rose (tornozelo), Iman Shumpert (joelho esquerdo).

Memphis Grizzlies: 

23.Ben McLemore

12.Tyreke Evans

24.Dillon Brooks

0.Jamychal Green

33. Marc Gasol

Ausentes:

Mike Conley (tendão de Aquiles), Wayne Selden Jr( quadril), Chandler Parsons( tornozelo direito) Mário Chalmers ( tornozelo direito)

Pós Jogo: Cleveland Cavaliers(13-7) 113VS91 Philadelphia 76ers(11-8)

 

PHILADELPHIA,PA - NOVEMBER 27 : Timothe Luwawu-Cabarrot #7 of the Philadelphia 76ers goes after the ball against Dwayne Wade #3 of the Cleveland Cavaliers at Wells Fargo Center on November 27, 2017 in Philadelphia, Pennsylvania NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and/or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. Mandatory Copyright Notice: Copyright 2017 NBAE (Photo by Jesse D. Garrabrant/NBAE via Getty Images)

O Cleveland Cavaliers viajou à Philadelphia para enfrentar o embalado 76ers e conquistou uma vitória incontestável fora de casa. A equipe de Ohio contou com mais uma atuação impecável de LeBron James para levar a vitória para casa e estender a sequência positiva para oito jogos. Com o resultado, os Cavs já ocupam a terceira colocação no Leste.

Além da presença do time titular com astros como James e Kevin Love, o time contou com a ajuda da segunda unidade, liderada pelo veterano Dwyane Wade e por Jeff Green, para frear os novatos em ascensão de Phily, Ben Simmons e Joel Embiid: Mesmo com o banco inteiro em quadra, o domínio aumentou e o jogo foi para o intervalo em grande vantagem.

No segundo tempo, bastou administrar a pontuação conquistada e frear as sequências que o time da casa impunha. A defesa, alvo de contestações recentes, teve outro jogo acima da crítica, limitando o adversário a 93 pontos e foi elemento crucial na conquista da vitória.

Com a turbulência afastada, a defesa se encaixando e com LeBron James na sua melhor temporada regular desde que voltou pra casa, os Cavs parecem prontos para manter o nível esperado.

DESTQUES DA PARTIDA 

LeBron James:  30 pontos, 14 rebotes, 6 assistências

Dwyane Wade: 15 pontos, 4 rebotes, 5 assistências

Jeff Green : 14 pontos, 10 rebotes, 3 assistências

STATS DAS EQUIPES(CLE VS PHI) 

Pontos: 113×91

Assistências :25×15

Rebotes: 46×53

3PTS %: 40.5×10.7

PARCIAIS 

1º Quarto: 29×22

2º Quarto: 24×23

3º Quarto : 33×28

4º Quarto: 27×17

Destaque da Equipe: LeBron James(30 pontos, 14 rebotes, 6 assistências)

FOTOS DO JOGO

PRÓXIMO JOGO: Cleveland vs Miami 

 

Cleveland Cavaliers (12-7) X Philadelphia 76ers(11-7)

lebron-76ers

 

 

 

 

 

 

LOCAL: Wells Fargo Center, Philadelphia

HORÁRIO: 22h(Brasília)

TRANSMISSÃOSporTV, League Pass

Buscando estender sua sequência de vitórias, o Cleveland Cavaliers viaja à Philadelphia para encarar o também em boa fase 76ers do novato Ben Simmons e do pivô Joel Embiid, em duelo válido pela parte de cima da classificação da conferência Leste.

 

CLEVELAND CAVALIERS:

81. José Calderon

05. JR Smith

23. LeBron James

99. Jae Crowder

00. Kevin Love

Ausentes: Isaiah Thomas (quadril), Tristan Thompson (panturrilha), Derrick Rose (afastado),  Iman Shumpert* (joelho esquerdo: questionável para o jogo)

PHILADELPHIA 76ERS: 

 25.Ben Simmons* 

17.J.J Reddick

33.Robert Convigton

9.Dario Savic

21.Joel Embiid

Ausentes: 

Markelle Fultz(ombro direito)

Nik Staukas(tornozelo direito)

Justin Anderson(canelas)

Simmons( cotovelo direito) é dúvida para o jogo.

 

Derrick Rose se afasta dos Cavs e repensa seu futuro na NBA

rose

O armador Derrick Rose não tem falado com a organização do Cleveland Cavaliers e está reavaliando seu futuro e permanência na NBA. 

Com o silêncio concedido pelo veterano, a incerteza sobre seu retorno ao time cresceu nas últimas horas.

A situação incômoda de Rose não é recente: ausente em 11 dos 18 jogos da temporada, o ex Knicks perdeu os sete últimos devido a uma lesão no tornozelo esquerdo. Fontes relatam que sua frustração com as constantes lesões estão fazendo o considerar abandonar o basquete profissional: “ Ele está cansado de estar machucado e isto tem pregado uma peça no seu mental.”

Apesar da surpresa, há precedentes na carreira do MVP de 2011: Presente em apenas 237 dos últimos 412 jogos de temporada regular, Rose já se indispôs com o New York Knicks ao perder um jogo contra os Pistons. Multado, alegou problemas familiares.

Atualmente usando botas protetoras, nem mesmo Rose parece saber se seu futuro se encontra em Ohio.

 

PÓS JOGO: CLEVELAND CAVALIERS 130 X WASHINGTON WIZARDS 122

171103-clewas-6Em noite de marcas históricas ,LeBron anota 57 pontos, garante vitória dos Cavs e afasta falatório sobre últimas derrotas.

  • Ao adentrar na Capital One Arena,em Washington, LeBron James precisava de apenas 8 pontos para ser o mais jovem jogador a alcançar os 29,000 pontos, uma seleta lista na história da NBA. O recente retrospecto do Cleveland Cavaliers, porém, demandava mais,muito mais.E foi exatamente o que o ala entregou.

Enfrentando um dos favoritos a participar das finais de conferência do leste nesta temporada, os Cavaliers imprimiram um ritmo ofensivo forte já no primeiro quarto ao anotar 42 pontos. A defesa, novamente com falhas, mostrou evolução quanto a intensidade e limitou a pontuação do armador John Wall, que ainda foi capaz de distribuir assistências e manter o Wizards na cola com 36 pontos.

No segundo quarto, os ataques avassaladores não se repetiram e o aproveitamento de quadra caiu. Com Wall,Beal,James e Love no banco na maior parte do tempo, a franquia de Cleveland viu o veterano Wade liderar a segunda unidade. O primeiro tempo chegou ao fim com LeBron e o armador titular Derrick Rose liderando a equipe em pontos(24 e 18), em uma parcial de 74-66.

Na volta do intervalo, o que se viu foi um jogo com grandes oscilações das equipes, sofrendo pontos seguidos em alguns momentos. O capitão dos Cavs focou nas jogadas dentro do garrafão, como seus fade away e jogadas de isolação e foi determinante para que sua equipe mantivesse sua liderança para o começo do quarto decisivo.

Foi nos 12 minutos finais que a franquia da capital ensaiou por diversas vezes uma reação, mantendo se sempre a uma distância de 8 ou 11 pontos. Todas as tentativas, porém, foram silenciadas pelo camisa 23 que levou Cleveland a uma vitória motivadora de 130-122 na qual os altos aproveitamento dos lances livres(93%), dos arremesso de quadra(56%) e até das bolas de três, o calvário do time ultimamente(45%), se destacaram. Outro fator que colaborou na vitória foi o bom desempenho defensivo do ala Jae Crowder, que também foi bem no outro lado da quadra com 17 pontos. Seus minutos no quinteto titular se devem a lesão de Tristan Thompson, o que também causou uma maior presença do pivô Ante Zizic em quadra, que anotou 2 pontos em seis minutos.

Com uma performance exuberante de 57 pontos(recorde da temporada), 11 rebotes e 7 assistências, LeBron alcançou outras marcas históricas: Igualou o recorde da franquia, estabelecido por Kyrie Irving, assim como se aproximou de seu recorde pessoal, de 61 pontos. James pulou dois lugares na lista de maiores arremessadores de quadra (Garnett e Havlicek), se tornou o 18º maior ladrão de bola da história e se aproxima de Michael Jordan no número de partidas seguidas com pelo menos 10 pontos: São 800 agora, enquanto o ídolo do Chicago Bulls atingiu 866, recorde que pode ser atingido ainda nesta temporada.

O brilhantismo de James garantiu  a vitória, mas não pode esconder o fato de que a equipe ainda apresenta deficiências defensivas e parece condicionar seu nível frente ao adversário, estratégia que frequentemente leva a derrotas. Ajustes são necessários e todos em Cleveland sabem disso, mas é hora de apenas aproveitar o privilégio que é assistir LeBron James em uma quadra de basquete.

DESTAQUES DA PARTIDA

CLE

LeBron James: 57 pontos, 7 assistências, 11 rebotes

Jae Crowder: 17 pontos, 7 rebotes

Kevin Love: 11 pontos, 8 rebotes

Derrick Rose: 20 pontos

WAS

Bradley Beal: 36 pontos, 4 assistências, 4 rebotes

Jhon Wall: 13 pontos, 15 assistências, 6 rebotes

Fotos da partida


 Próximo confronto : vs Atlanta( 05/11,18:00)

Tristan Thompson é desfalque por um mês

tristan

A já frágil e comprometida defesa do Cleveland Cavaliers acaba de ganhar mais uma má notícia: após ceder 124 pontos para o Indiana Pacers e figurar entre as piores da liga neste início de temporada, o pivô Tristan Thompson sofreu uma lesão na panturrilha esquerda e deve desfalcar a franquia de Ohio por cerca de um mês.

Logo após retornar ao quinteto inicial no lugar de Jae Crowder, visando maior solidez defensiva, o pivô veterano foi visto usando muletas ao sair da Q Arena e irá fazer falta a um time que já foi comprometido pelas lesões de Isaiah Thomas, Derrick Rose e Wade.

O próximo compromisso dos Cavs é contra o Wizards, jogo no qual o ala Jae Crowder deve novamente figurar no quinteto titular. É esperado que o novato Ante Zizic ganhe mais minutos na rotação do técnico Ty Lue

Wade compara último ano de James em Miami à atual temporada.

wade

O ala armador Dwyane Wade ainda se surpreende ao lembrar que em 2014 ele, Lebron James e o Miami Heat alcançaram as finais pelo quarto ano consecutivo. Agora, em sua primeira temporada em Cleveland em uma equipe vivendo problemas e em busca de sua quarta final consecutiva, é natural que o veterano traçe paralelos.

“No ano passado, em Miami, quando fomos às finais, não sei como conseguimos”, disse Wade depois do treino da quinta-feira passada . “Era pior, porque não eram caras novos , eram caras que haviam convivido quatro anos seguidos. Suas piadas já não eram engraçadas para os outros. Quando você entra no treino, não havia mais um sorriso grande. Os indivíduos, a convivência… acabava com você. É como estar em um casamento ruim.”

Essa equipe do Heat, que caiu para o San Antonio Spurs nas Finais da NBA de 2014, estava confiando em veteranos como Ray Allen, Shane Battier e Rashard Lewis para colaborar com as estrelas James, Wade e Chris Bosh. O time do Cavs deste ano ainda tem James como estrela, juntamente com Kevin Love e eventualmente Isaiah Thomas, assim que retornar de uma lesão do quadril, e veteranos como Wade (35), Jeff Green (31), Derrick Rose (29), JR Smith (32) e Kyle Korver (36) estão desempenhando papéis auxiliares.

“Mas de alguma forma conseguimos as Finais”, disse Wade sobre a equipe do Heat. “Indiana deveria ter nos vencido naquele ano. Tivemos uma vantagem mental sobre esses caras e conseguimos vencer. Mas não deveríamos ter estado lá. Por isso, é difícil, definitivamente. Por isso não foi feito muito. Para os caras que estão aqui, você tem que puxar outra coisa para motivá-los, para que você sinta a fome novamente como você teve no primeiro ano. Isso é esporte, é difícil “.

Miami bateu Paul George, liderando o Indiana Pacers, nas finais da Conferência Leste em seis jogos, mas depois foi derrotado pelos Spurs de Popovich, Duncan e Leonard em cinco jogos nas Finais: média de 18 pontos por derrota. Pouco depois da derrota, Allen, Battier e Lewis se aposentaram. No mês seguinte, James anunciou que estava retornando a Cleveland para jogar novamente com os Cavs, efetivamente encerrando o “casamento ruim” ao qual Wade se referia.

Mesmo com o fraco começo deste ano e com um desafio como o Washington Wizards em sequência, Wade diz que os Cavs de 2017-18 têm uma mistura de sangue novo (embora corpos velhos) que o Heat 2013-14 tinha em falta.

“Com os novos caras aqui, você tem caras que nunca foram para os finais, caras com fome”, disse Wade. “Obviamente, Isaiah é um deles, que está fora. Derrick e caras que nunca estiveram. Espero que possamos que possamos nos beneficiar disso.

O  Heat de 2013/14 iniciou a temporada com 4 vitórias e 3 derrotas, e depois ganhou 10 jogos seguidos. Wade não prometeu uma reviravolta tão dramática para os Cavs, mas ele disse que não acredita que os tempos difíceis também durarão para sempre.

“Oito jogos na temporada”, disse Wade. “Ninguém aqui é um novato. Todos aqui estão passando por isso. Muitos garotos atravessaram o maior dos altos e os mais baixos dos baixos. É frustrante quando você está passando por isso. Ninguém é mais frustrado do que você por dentro. … Temos que continuar a entender que vamos sair disso e esta será uma lembrança distante em um ponto, mas agora estamos nela. Nós temos que descobrir porque, e eu acho que vamos. Comunicação, chegando todos os dias com uma mente fresca, com uma mente aberta para ouvir os treinadores, ouvir uns aos outros.

Lesão no ombro faz LeBron mudar mecânica de arremesso

2017-10-21t002516z_765939072_nocid_rtrmadp_3_nba-cleveland-cavaliers-at-milwaukee-bucks_ixoofkh

Por Dave McMenamin, ESPN

Uma lesão no cotovelo durante a  offseason levou LeBron James a ajustar sua forma de arremesso, e o ocorrido está rendendo frutos para a estrela dos Cavaliers até agora.

James disse à ESPN que seu cotovelo direito  misteriosamente inchou ao tamanho de uma bola de tênis, algumas semanas após a conclusão das finais da NBA. Era bastante preocupante para LeBron ter seu cotovelo examinado por médicos: os raios-X voltaram negativos, e uma ressonância magnética não apresentou danos estruturais.

James lembrou rapidamente de duas coisas sobre a lesão no cotovelo: um, não o incomodou durante os playoffs e não teve impacto na derrota por  4-1 dos Cavs contra o Golden State Warriors; e, dois, não era nada parecida com a lesão do cotovelo que o atormentava na pós-temporada de 2010, que terminou em desapontamento para Cleveland antes de James se juntar ao  Miami Heat.

“Aquilo foi  diferente. Aquilo foi muito diferente. Eu chegaria até aqui”, disse James, formando seu braço em forma de L.

Ainda assim, era algo com o qual LeBron precisava lidar enquanto tentava superar a derrota para os Warriors e se preparava para se vingar na temporada 2017-18.

“Eu não sei de onde veio”, disse James após a vitória dos Cavs por 119-112 sobre o Chicago Bulls na terça-feira. “Eu estava trabalhando em L.A. no final de junho, e minha esposa falou: ‘O que há de errado com seu cotovelo?’


Isso incomodou o ala a tal ponto em que ele teve que usar uma manga de compressão no braço direito, mesmo quando ele não estava treinando – usando um acessório de moda estranho enquanto assistia os jogos do torneio do seu filho durante o verão. Em vez de interromper seu regime de treino na intertemporada, James optou por evitar a lesão. Ele mudou seu movimento de arremesso para terminar com um ponto de lançamento mais alto, a fim de minimizar o desconforto em seu cotovelo ao passar por suas sessões durante os treinamentos. James já havia consultado especialistas em ocasiões anteriores, mas desta vez o fez por conta própria

“Foi só eu”, disse ele. “Estou em um ponto agora na minha carreira onde sei se preciso fazer um ajuste aqui ou ali”

O ajuste veio com uma consequência involuntária: não apenas fez o braço de James melhorar; Isso também o fez disparar de forma mais eficiente.

Ele considerou ter fluido drenado de seu cotovelo, mas a situação se resolveu.

“Simplesmente foi embora”, disse ele. “Aquilo simplesmente se afastou por conta própria. Eu nunca esvaziei. Falei sobre isso, mas não, nunca esvaziei.”Mesmo assim, LeBron não alterou a mecânica que adquiriu.

“Eu arremesso mais alto agora. Quando o inchaço saiu, eu continuei a fazer o mesmo movimento, o mesmo movimento. Meus tiros livres, minhas bolas de três, tudo isso”.

Nos primeiros quatro jogos da temporada dos Cavs, James está arremessando bem, como já o fez: tem 43/70 de 2 pontos (61,4 por cento), 8/18 em 3 pontos (44,4 por cento) e 15/17 em lances livres (88,2 por cento).

É uma pequena amostra, mas LeBron está esperançoso de poder manter isso. Os retornos iniciais ainda têm o veterano de 15 anos olhando uma nova conquista de carreira.

“Eu quero bater 80% da linha de lance livre, cara”, disse James à ESPN. “Esse é o último objetivo da minha carreira na NBA.  Eu fiz todo o resto”.

Na melhor temporada neste quesito, seu aproveitamento foi de 78%, em 2008-09. Na carreira, o índice ronda os 74%.

O colega de equipe Kyle Korver, considerado um dos melhores batedores de lance livre na história da NBA, pensa que seu capitão está deixando suas metas muito baixas.

“Seu último objetivo é 80?” Korver respondeu a  James na terça-feira, com incredulidade. Ele então lançou um desafio: “50-40-90”.

Korver estava se referindo à exatidão rara de que apenas oito jogadores – Larry Bird, Steve Nash, Stephen Curry, Mark Price, Reggie Miller, Dirk Nowitzki, Kevin Durant e Jose Calderon – alcançaram em uma  temporada inteira: 50% ou mais em bolas de 2, 40 por cento ou melhor de 3; 90 por cento ou melhor da linha de lance livre

“Eu definitivamente consegui os 50″, respondeu James. ” Posso marcar 50 no meu sono. Estou quase perto de 60. Posso marcar  60″.

James então ajustou seu objetivo: “Eu posso ir 50-40-85. Talvez. Vamos ver”.

Sua carreira em porcentagem de 2 pontos foi de 56,7 em 2013-14. Sua melhor marca de 3 foi 40,6 por cento em 2012-13.

Korver – que treinou companheiros de equipe como Tristan Thompson em lances livres e ajudou o novato Cedi Osman em ajustar sua base certa enquanto aguardava oportunidades de catch and shoot  – notou uma melhora no arremesso de James desde a última temporada.

“Ele é mais compacto”, disse Korver “Eu sempre digo a ele que ele é o homem mais forte na liga, ele precisa lançar um tiro bom. E ele diz isso o tempo todo quando está treinando ‘Pense forte, forte, forte’. Sua mão é muito forte na bola e sua forma é mais compacta do que nunca antes e eu acho que ele é um trabalhador, cara. Ele arremessa muito. Você pode dizer que ele trabalhou muito neste verão.

Cavs assinam com London Perrantes.

img-20171018-wa0012

Cavs devem assinar contrato “Two-Way” com London Perrantes 

Ele participou do training Camp do San Antonio Spurs.

O Cleveland Cavaliers está assinando um contrato com o armador Free Agent London Perrantes, no modelo “Two-Way”, que prevê sua participação na liga de desenvolvimento G-League, assim como um limite de 45 dias passados juntamente ao time principal. 

Perrantes vinha de seu ano como sênior na Virgínia, onde teve médias de 12.7 pontos e 3.8 assistências por jogo. Participou de treinamentos com Greg Popovich e os Spurs, mas foi cortado.
Fonte: Shams Charania, The Vertical.