Tyronn Lue responde a Draymond Green após comentários sobre a final de 2016

CLEVELAND, OH - JUNE 10:  LeBron James #23 of the Cleveland Cavaliers and Draymond Green #23 of the Golden State Warriors exchange words during a time out during the fourth quarter in Game 4 of the 2016 NBA Finals at Quicken Loans Arena on June 10, 2016 in Cleveland, Ohio. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this photograph, User is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement.  (Photo by Ronald Martinez/Getty Images)

O ala/pivô do Golden State Warriors, Draymond Green, voltou a falar sobre a final de 2016 quando foi suspenso da quinta partida da série após cometer sua quarta falta flagrante durante os playoffs, o que resulta em suspensão automática de uma partida pelas regras da NBA. Dessa vez porém, o atual técnico do Cleveland Cavaliers respondeu aos comentários do jogador.

Green voltou a comentar sobre o assunto devido a World Series, final da MLB (Liga de baseball), onde o dono da liga resolveu suspender um jogador de um dos times para a próxima temporada, e não para a final, não afetando assim a equipe durante a World Series.

“Eu realmente acredito que se eu jogasse a quinta partida, a gente ganhava. Mas não foi o que aconteceu, pois eu me coloquei naquela situação onde não pude jogar” declarou Green durante a última semana.

Os torcedores devem se lembrar, mas nunca é ruim refrescar a memoria sobre aquela partida da série, onde Cavs perdia por 3-1 e foi até Oakland para sobreviver, e voltou com uma vitória totalmente dominante por 112-97 com atuações históricas de LeBron James e Kyrie Irving.

lue

Quando questionado sobre as declarações de Green e a relação com a final da MLB, o técnico Tyronn Lue respondeu “Como? Pelo que eu saiba ele também jogou a sexta e a sétima partida, né?” e depois completou “Estamos falando de suposições? Está bom, e se Kyrie e Love tivessem jogado na final de 2015, poderia ser bem diferente, então tanto faz”.

É sempre bom relembrar da final em que fomos campeões, principalmente quando a fase atual não é das melhores. Essa polemica sobre a suspensão e também sobre as contusões de Kyrie e Love no ano anterior não vai acabar nunca, mas nosso titulo de 2016 sempre estará lá.

Fonte para a noticia: ESPN, David McMenamin

Tyronn Lue passa com sucesso em seu primeiro teste na temporada

lue-wade

Escrito por Dave McMenamin

Após 4 jogos na temporada, JR Smith está voltando para a equipe titular no lugar de Dwyane Wade. Essa simples decisão é um bom exemplo da maneira de como o técnico Tyronn Lue irá lidar com esse Cavs cheio de talentos. Quando Wade e Lue declararam ao publico essa decisão na segunda feira, uma coisa ficou bem clara: Lue sempre achou que essa era a formação ideal do Cavs; ele só não queria forçar esse ponto de vista para Wade.

“Nós conversamos sobre isso antes dele nos escolher; ele se encaixaria melhor vindo do banco de reservas” Declarou Lue.

Wade repetiu o mesmo “Quando eu e Lue conversamos antes da minha decisão de chegar a essa equipe falamos da oportunidade de minha função ser de liderar a segunda unidade, mas também falamos de tudo que fiz em minha carreira como titular, então cheguei aqui para testar como seria”

Tyronn Lue sabe muito bem como é ser uma estrela nessa liga, mesmo ele tendo apenas 8.5 pontos de média na carreira como jogador. Lue já jogou com Kobe Bryant, Shaquille O´Neal, Michael Jordan, Tracy McGrady, Yao Ming, Dirk Nowitzki e Dwight Howard. Ele também já foi técnico de Kevin Garnett, Ray Allen, Paul Pierce, Chris Paul, Rajon Rondo, Blake Griffin, LeBron James, Kyrie Irving e Kevin Love. Lue conhece muito bem a pressão que esse tipo de jogador sofre em todos os jogos. Ele sempre soube que JR Smith fez 299 bolas de três nas ultimas duas temporadas comparado a apenas 52 de D-Wade, e que o Cavs teria muito mais espaço para as infiltrações de LeBron James e Derrick Rose com um chutador de três ao lado e não um jogador com as características de Wade. Mas ele também sabia que se ele falasse a um futuro Hall da Fama que ele deveria sacrificar $8 milhões de dólares que deixaria de  receber apenas para sair do banco de reservas sem nem ter uma chance de ser titular, ele poderia perder o respeito de Wade mesmo antes da temporada começar.

Então Lue fez o seguinte: nos primeiros treinos ele utilizou Wade com a segunda unidade, para mostrar a ele como seria o encaixe com esses jogadores. E como no segundo dia de treino LeBron James se machucou, Lue colocou Wade de titular nos jogos junto com JR Smith, dando assim uma chance para Wade no principal quinteto. Cerca de uma semana antes da temporada começar, Lue declarou que Wade continuaria como titular para a temporada, algo que pegou todos de surpresa.

“Eu apenas quero fazer” – Declarou Lue, não dando nenhuma explicação especifica de sua decisão. Alguns sites inclusive colocaram isso como uma mensagem muito ruim que Lue estava passando por dar a um jogador recém chegado o cargo de titular apenas pelo seu nome.

Mas Tyronn também deixou claro que isso poderia ser temporário “Apenas uma coisa que iremos fazer para começar a temporada e ver como funciona” ele falou.

Obviamente, em quadra, não funcionou. Sim, Wade e LeBron tiveram seus nomes chamados juntos na abertura da temporada, algo que tem até um valor considerarando que Cavs precisa fazer de tudo para deixar LeBron James feliz, já que ele está em seu ultimo ano de contrato. Mas apesar do inicio com duas vitórias e uma derrota, tanto Wade (5.7 pontos com 28%FG) quanto JR Smith (6.3 pontos com 33%FG)  tiveram um inicio muito abaixo do esperado em suas novas funções.

Após uma derrota vergonhosa para a equipe do Orlando Magic dentro de casa, Wade foi ao técnico Lue e pediu que fosse ao banco de reservas, aceitando o plano original do técnico, apenas algumas semanas depois. Ao invés de dizer “Eu te falei”, Lue elogiou Wade por tomar essa decisão sozinho. “Ele veio até mim e falou ‘sabe de uma coisa? O que você falou estava certo. Meu encaixe é muito melhor na segunda unidade e assim ter mais a bola na mão, então vamos fazer isso’. Isso que um profissional faz, sem ego. Ele percebeu o que era melhor pro time“

wade

A relação de Lue e Wade é de respeito máximo um com outro, e agora os dois só devem crescer após esse episiodio. Enquanto alguns podem criticar Lue por testar a paciência de JR Smith desse jeito, outro pode responder que Lue já tem um respeito consolidado com JR Smith, possibilitando que faça  isso para ganhar respeito de Wade.

Muitos testes virão essa temporada ao Lue, e ele acertou em cheio nesse primeiro teste.

============

davidTexto de Dave McMenamin, jornalista da ESPN responsável pela cobertura do Cavs.

Pré jogo: Cleveland Cavaliers (3-1) X (2-2) Brooklyn Nets

bkn

Local: Barclays Center, Brooklyn (NY)
Horário: 21h30
Transmissão: NBA League Pass e Links

CLE

LeBron James
JR Smith
Jae Crowder
Kevin Love
Tristan Thompson

Desfalques: Isaiah Thomas e Derrick Rose estão fora. JR Smith é duvida.

BKN

D’Angelo Russell
Caris LeVert
DeMarre Carroll
Rondae Hollis-Jefferson
Timofey Mozgov

Desfalques: Jeremy Lin e Sean Kilpatrick estão fora. D’Angelo Russell é duvida.

Pré jogo: Cleveland Cavaliers (2-1) X (0-2) Chicago Bulls

img_0201

Local: Quicken Loans Arena, Cleveland
Horário: 21h
Transmissão: NBA League Pass e Links

CLE

LeBron James
JR Smith
Jae Crowder
Kevin Love
Tristan Thompson

Desfalques: Isaiah Thomas (fora) e Derrick Rose (fora).

CHI

Jerian Grant
Justin Holiday
Paul Zipser
Lauri Markkanen
Robin Lopez

Desfalques: Zach LaVine, Kris Dunn, Mirotic, Bobby Portis e Cameron Payne estão fora

Pós jogo: Cleveland Cavaliers 102 X 99 Boston Celtics

lbjkyrie

Confirmado para o jogo apenas uma hora antes da partida, LeBron James mostrou mais uma vez porque é o melhor jogador do planeta, e mesmo ainda com pouco ritmo de jogo liderou a equipe a primeira vitória na temporada contra a nova equipe de Kyrie Irving

A partida teve o primeiro tempo marcado pela triste contusão de Gordon Hayward, em uma disputa de bola no alto o jogador caiu de mal jeito e rompeu totalmente o tornozelo, uma cena chocante que acabou tirando todo o clima da partida naquele momento. O primeiro tempo foi dominado pelo Cavs, terminando 54 a 38. Celtics parecia sem energia após a forte contusão de Hayward.

O segundo tempo veio e tudo mudou, Cavs diminuiu o ritmo esperando apenas o jogo terminar, mas o Celtics veio com outra energia totalmente. A equipe de Boston chegou não só a empatar, mas também virar a partida, e foi ai que LeBron James colocou a bola debaixo do braço e decidiu a partida, fazendo 13 pontos no ultimo quarto e bons lances defensivos, Ao final da partida Kyrie Irving cumprimentou todos jogadores do Cavs, inclusive LeBron James, e assim vida que segue, cada um para o seu lado, e Cavs saindo com a primeira vitória.

Cleveland Cavaliers 2 X 0 Indiana Pacers – Estatísticas da série até aqui

irving_james_vs_ind_041717

Pontos por jogo: 

Cleveland Cavaliers – 113 pontos

Indiana Pacers – 109.5 pontos

Porcentagem nos arremessos:

Cleveland Cavaliers – 54%

Indiana Pacers – 52%

Porcentagem da linha dos 3 pontos:

Cleveland Cavaliers – 40%

Indiana Pacers – 44%

Rebotes por partida:

Cleveland Cavaliers – 35.3

Indiana Pacers – 37

Assistências por partida:

Cleveland Cavaliers – 22.5

Indiana Pacers – 22

Médias do Big3:

LeBron James – 28.5 pontos, 57.5%FG, 8 rebotes, 10 assistências, 3.5 roubadas de bola e 2 tocos

Kyrie Irving – 30 pontos, 50%FG, 2.5 rebotes, 4 assistências, 1.5 roubadas de bola e 0.5 tocos

Kevin Love – 22 pontos, 69%FG, 55% três pontos, 7 rebotes, 2 assistências e 1.5 tocos

Análise:

Fica claro que é uma série muito parelha nos números, a grande questão aqui é que a equipe teve oportunidade nas duas partidas, principalmente no segundo jogo, de finalizar com um placar tranquilo, mas em ambas acabou fazendo um último quarto muito ruim. O time acaba relaxando e parando de executar as jogadas ofensivas e rotações defensivas quando abre uma grande vantagem, isso nos jogos em Indiana pode custar uma vitória ao Cavs.

O Big3 vem jogando muito bem, o que mais me chamou atenção é que Love chutou apenas 16 bolas durante a série inteira, e ainda sim tem 22 pontos de média com um aproveitamento de quadra absurdo, fica claro que Cavs pode usá-lo muito mais do que vem utilizando.