ÍDOLOS DO PASSADO: MARK PRICE

mark-price-cavs

Mark Price foi um dos maiores chutadores da história da NBA e é, provavelmente, um dos jogadores mais subestimados da história da liga. Dado pela crítica como muito baixo e lento para jogar na NBA em sua época de college, o armador, nascido na pequena Bartlesville, Oklahoma, foi pego na 25ª escolha no Draft de 1986 (à época, uma escolha de segunda rodada) pelo Dallas Mavericks, e foi imediatamente trocado para o Cleveland Cavaliers, onde passou 9 temporadas.

Price é o segundo jogador com o melhor aproveitamento em lances livres na história da NBA (90,4%), tendo alcançado médias de quase 95% nas temporadas de 1991-92 e 1992-93, ficando atrás apenas de Steve Nash, por uma pequena margem. Foi também o segundo jogador na história da liga a converter 50% dos arremessos de quadra, 40% dos chutes de 3 pontos e 90% dos lances livres em uma temporada (1988-89), sendo precedido por Larry Bird (duas vezes) e sucedido por Reggie Miller, Steve Nash (4 vezes), Dirk Nowitzki, Kevin Durant e Stephen Curry.

Por falar em Steph Curry, o atual técnico do Golden State Warriors e antigo companheiro de Price no Cavs (1989-92), Steve Kerr, já comparou os dois jogadores e fez outros elogios e reconhecimentos ao ex-armador do Cavs.

“Os únicos jogadores que consigo pensar que são próximos [a Curry] seriam Mark Price, Steve Nash e Mahmoud Abdul-Rauf. [Abdul-Rauf] tinha muito talento, mas não tinha o alcance de Steph, e Nash não tinha a agilidade. Steph é muito similar a Price, ele tinha todo o pacote, mas não no nível que Steph o possui.”

“Mark revolucionou a forma com que os jogadores atacam com o pick and roll, Pra mim, foi o primeiro jogador a realmente quebrar o pick and roll (quando o armador passa entre os dois jogadores da defesa), ninguém fazia isso na época. Hoje, você assiste a uma partida da NBA e todo mundo faz isso, ele foi um pioneiro nesse aspecto”.

Ao lado de Brad Daugherty, Price foi um dos primeiros jogadores (senão o primeiro) a construir a ofensiva da equipe a partir do pick and roll da forma com que é feita hoje, iniciando a jogada mais longe da cesta (atrás da linha dos três) e, por muitas vezes, como destacou Kerr, quebrando a defesa ao passar entre os dois defensores.

Outra estatística interessante a respeito de Price é o fato de que foi o primeiro jogador na história da liga a chutar mais de 5 bolas de três pontos por partida e conseguir média de acerto superior a 40% (feito conseguido na temporada 1989-90). Este feito só seria repetido na temporada 1994-95, mas com um detalhe: nessa temporada a linha dos três foi trazida para mais perto da cesta. Com a distância restabelecida na temporada 1997-98, apenas Wesley Person (jogador do Cavs na época) conseguiu o feito e, depois dele, o marco seria repetido apenas na temporada 2000-01, por Vince Carter e Ray Allen. Na liga de hoje, essa é uma estatística comum, com o volume de jogo elevado e a alta relevância das bolas de três, mais um fato que mostra como Mark Price foi um jogador que ajudou a moldar a NBA atual.

De 1988 a 1994, Price formou um big three ao lado de Brad Daugherty e Larry Nance (outros dois jogadores com camisas aposentadas no Cavs), levando a franquia aos playoffs em todos os anos exceto 1991 (em que Price se lesionou e disputou apenas 16 partidas na temporada). Em 5 dos outros 6 anos, entretanto, a equipe de Cleveland teve pela frente o Chicago Bulls e foi eliminada, estando incluso aqui o famoso “the shot” de Jordan, em que ele acertou um arremesso no estouro do cronômetro no jogo final da série de primeiro round de 1989. Curiosamente, naquela temporada, o Cavs venceu todos os 6 jogos contra o Bulls na temporada regular.

Após a temporada 1994-95, em que novamente sofreu com lesões, Price foi para o Washington Bullets (atual Washington Wizards), onde disputou apenas 7 jogos. Jogou pelo Golden State Warriors em 1996-97 e encerrou a carreira no Orlando Magic na temporada 1997-98.

Price é o vice-líder em assistências e roubos de bola na história do Cavs (atrás apenas de LeBron James), foi quatro vezes All-Star (1989, 1992-94), esteve uma vez no primeiro time da NBA (1993) e três vezes no terceiro time (1989, 1992 e 1994). Aqui, vale ressaltar, que durante toda sua carreira ele disputou duas vagas com nomes como Magic, Jordan, Stockton, e Drexler. O armador venceu duas vezes o torneio de três pontos do All-Star Weekend, em 1993 e 1994, e foi medalhista de ouro no mundial da FIBA em 1994, pelos Estados Unidos.

Pouco tempo depois de se retirar das quadras, sua camisa 25 foi aposentada pelo Cleveland Cavaliers e, também, pela universidade de Georgia Tech. A cidade de Enid, Oklahoma, renomeou sua arena para “Mark Price Arena” em homenagem ao jogador, que atuou pela Enid High School em sua juventude.

Por fim, deixo aos leitores um vídeo opinativo (em inglês) bastante interessante a respeito de Price, que traz muitas coisas ditas neste texto e algumas outras mais, além de um compilado com lances do armador pelo Cavs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *